Controle Financeiro Gestão Empresarial

Capital de Giro: O que é e como calcular na sua empresa?

olhando para dashboard homem e mulher

Grande parte das empresas com problemas financeiros tem uma característica em comum: a falta ou a má de gestão do capital de giro. Esta falta de controle do capital de giro leva muitas destas empresas à falência. É justamente o capital de giro que é o pilar financeiro para o negócio em momentos de gastos inesperados ou dificuldades financeiras. Sem essa gestão do capital de giro, a empresa não tem a real situação do quanto poderá contar em uma eventual necessidade, mesmo que pontual. Fizemos este artigo para que você entenda melhor o que é o capital de giro e como calcular ele na sua empresa. Confira!

O que é o Capital de Giro?

Podemos definir de maneira resumida que o capital de giro funciona como uma reserva financeira da empresa para ser usada em momentos de dificuldades financeiras ou mesmo para gastos inesperados. Normalmente o capital de giro deve sustentar a empresa por no mínimo um mês. Também há um consenso que o capital de giro deve conseguir pagar os custos fixos da organização pelo período de três meses. Portanto é necessário que o capital de giro se mantenha positivo para que quando necessária sua utilização ele realmente esteja disponível. Para que o capital de giro se mantenha positivo é necessário que a empresa não assuma dívidas contando com receitas futuras nem tão pouco parcelar ou dar condições muito extensas nas negociações com clientes. É preciso prestar atenção na liquidez do negócio, ou seja, ter uma visão a longo prazo.

Como calcular o capital de giro na sua empresa?

O capital de giro considera em seu cálculo o ativo circulante e o passivo circulante da empresa, em uma operação de subtração. O ativo circulante (valores em caixa, mercadorias, aplicações financeiras, contas a receber, entre outros) será subtraído com o passivo circulante (impostos a pagar, despesas administrativas, de fornecedores, etc) para termos então no final o valor real do capital de giro da empresa. A empresa pode tomar ações a qualquer momento para aumentar o capital de giro e, para isso, terá que contar com ferramentas e soluções que possibilitem que ela gere informações de todas os setores, como um sistema de gestão. Somente através de um sistema de gestão a empresa poderá controlar suas contas a receber, as aplicações e o fluxo de caixa bem como as contas a pagar, as despesas e o controle dos fornecedores das mercadorias.

Sistema de Gestão

Como dito acima, um sistema de gestão é um instrumento estratégico para o controle e gestão do ativo e passivo circulante da empresa. Um dos setores mais beneficiados com um sistema de gestão é o setor financeiro. Com um software financeiro sua empresa poderá ter a real noção dos valores a receber e a pagar. Além disso, com um fluxo de caixa desenhado e com relatórios precisos, você terá todas as ferramentas que precisa para tomar uma decisão mais acertada. Além disso, um sistema de gestão possibilita uma visão mais clara e estratégica de toda a organização, dando mais produtividade na operação e mais previsibilidade financeira para o gestor da empresa.

Conclusão

Reunimos mais algumas dicas para você controlar o capital de giro na sua empresa:

  • Negocie bem com clientes e fornecedores: Negociar com clientes e fornecedores é essencial. Tente antecipar os recebimentos de contas a receber e postergar as contas a pagar. Isso trará mais capital imediato para sua empresa.
  • Corte Gastos: Acompanhe o fluxo de caixa da sua empresa e corte os gastos sempre que possível.
  • Tenha disciplina financeira: Ter disciplina é controlar todos os detalhes financeiros, e não gastar sem cobrir algum gasto que ocorreu na empresa.

E aí, gostou do artigo?

Não deixe de comentar ou deixar suas sugestões nos comentários abaixo. Até a próxima!

Similar Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *